Oi?

Enfim,
nu,
como vim.

Paulo Leminski

29 julho 2005

Chá das 17:00 horas

Quando o relógio marcou 16:43, ele se levantou. Conferiu a mochila, estava em ordem, não faltava nada. Relembrou-se do plano que havia dividido em tópicos, para melhor assimilar. Estava tudo pronto. Lavou o rosto, pegou o cigarro, saiu.

Atravessou a portaria do edifício pontualmente as 16:45, como haveria de ser. Frio no estômago, pernas meio bambas. O corpo não reage muito bem quando percebe estar prestes a realizar algo maior do que conseguiria em condições normais. O corpo quer voltar, o pé quer se torcer nalgum buraco, o suor frio tenta atrapalhar a visão. Mas a mente sabe a que veio, e vai.

A mochila pesa. As costas dóem. Encontra aquele vizinho tagarela: "oi, tudo bem?". Responde com um aceno de cabeça, não tem tempo a perder. 16:49 entra na estação do Metrô, 2 minutos adiantado. Tempo pra um cigarro. Três tragadas ansiosas. Chega o trem. Entra.

Nos poucos segundos que faltam, uma prece rápida. E a alegria de saber que pelo menos hoje serão eles que recolherão seus pedaços e contarão seus mortos, e não nós.

E quando a tevê filmou o estrago da explosão e a polícia contabilizou os cadáveres, no deserto era enorme a fila de pessoas que queriam apertar a mão do pai daquele que é herói no oriente e terrorista no ocidente.

E foi um garoto sem braços e orfão que disse que a Europa precisa saber o que é medo e reconhecer o cheiro de um corpo queimado. Senão eles podem pensar que nós gostamos da diplomacia deles...

Eu não fiquei de luto.

4 comentários:

Anita disse...

Eu fiquei.
Não por ódio do terrorista, ou por perder um herói.
Eu sempre fico, porque essa justiça me faz pensar que até a justiça é injusta [ naquele sentido].


E prá firmar: Eu te adoro.

Rodrigo disse...

eu não fiquei...
é injusto? sim...
mas alguem tem que pagar o preço..
seja qual for ele...

parabens Dan, otimos textos...

Lalá in the sky disse...

ó você, sempre você com essas suas idéias totais originais. Originais, fato, mas ainda assim, eu fico de luto pelos que morrem, em qualquer canto, por qualquer causa que seja.
Enfim, adorei o blog

Bjão!!!!!

Anita² disse...

Atualiza, vaai?