Oi?

Enfim,
nu,
como vim.

Paulo Leminski

14 janeiro 2006

Rogando praga

Senhores degustadores de vinho de Bordeuax;
você que aprecia a alta gastronomia,
o cinema de vanguarda, o novo rock inglês
e os filósofos existencialistas.

Carríssimos freqüentadores de galerias de arte;
você que vai ao teatro,
você que vai ao café mais badalado do momento
pra compartilhar da presença dos notáveis.

Senhores antenados,
politicamente corretos,
discretos e elegantes
tenazes em suas análises
da atual conjuntura política.

Matilha de veados,
que vocês morram enforcados
com seus próprios cachecóis.

5 comentários:

Poeta Suburbano disse...

caracas mlk vc é foda viu...
surpreende bastante com teus textos... um melhor que o outro..
cara, nada melhor que se expressar por palavras... o analfabetismo literario é a desgraça do homem.
com nossas palavras, podemos não conquistar o mundo, mas falamos um bando de coisa que muitos não conseguem expressar...
danilo, abração meu cumpadre irmão, quando eu tiver um filho, o padrinho vai ser vc, ou se eu casar vc vai ser padrinho tbm!
eheheh

Anita disse...

Tudo que você faz é bom.
Me choca!
Eu te amo!

Jonas disse...

vixi mano!
sinister hein
mas eu curti mais o "vai ter que hesbollah"

leia o e-mail que eu te passei

Kami Hoffmann disse...

Você é um invejoso.

e por falar em cachecóis, estou mexendo com artesanato (e faço cachecóis - alguém tem que se proteger do frio lascado de Brasília ¬¬ ).

sofisma barato disse...

é impressionante como vc sempre vai na frente.

saudade das conversas, rapazote.

to indo embora daqui um tempinho.

Mais precisamente daqui a 2 meses e meio.

Apareça pra um café e um cigarro ok?!

beijos.